Telefonia do Alentejo

Portugueses desconhecem um dos principais sintomas da insuficiência cardíaca

Autor :Nota de Imprensa

Fonte: Fundação Portuguesa Cardiologia

24 Abril 2019

Lisboa, 23 de abril de 2019 - Apenas 15% dos portugueses conseguem identificar o edema nas pernas como um dos principais sintomas da insuficiência cardíaca (IC), uma doença que afeta cerca de meio milhão de pessoas em Portugal. Esta é uma das principais conclusões do estudo “Portugueses e a Insuficiência Cardíaca” apresentado hoje pela Fundação Portuguesa de Cardiologia (FPC), no âmbito da abertura de “Maio, Mês do Coração”.

O mesmo estudo mostra que os portugueses reconhecem o cansaço (72%) e a falta de ar (69%) como sintomas da doença. Não obstante, em certos aspetos da doença ainda existe algum desconhecimento.

Apesar de considerarem que esta doença ameaça a vida das pessoas, 51% dos inquiridos acreditam que a taxa de sobrevivência é alta ou, pelo menos, não tão baixa como em casos oncológicos. A realidade portuguesa mostra que a taxa de mortalidade da insuficiência cardíaca é superior a alguns tipos de cancro.

“Este estudo vem provar mais uma vez que a insuficiência cardíaca é uma doença esquecida e subvalorizada pela maioria dos portugueses. A IC é uma das grandes epidemias do século e é preciso aumentar a literacia das pessoas em relação ao tema, da mesma forma em que esta doença deveria ser considerada uma prioridade nacional”, explica Manuel Carrageta, presidente da Fundação Portuguesa de Cardiologia.

A Fundação Portuguesa de Cardiologia vai dedicar o mês de maio à sensibilização para a insuficiência cardíaca, uma situação clínica debilitante e potencialmente fatal em que o coração não consegue bombear sangue suficiente para todo o corpo. A campanha foi hoje apresentada na Sessão Solene de Abertura de “Maio, Mês do Coração”, que decorreu no Palácio Foz, em Lisboa.

O estudo “Os portugueses e a insuficiência cardíaca” foi realizado pela GfK Metris e baseou-se numa amostra de 1012 indivíduos com idade igual ou superior a 18 anos, residentes em Portugal Continental.

Para mais informações sobre a campanha e sobre as atividades agendadas para “Maio, mês do coração”, consulte o site: http://www.fpcardiologia.pt/ ou https://www.facebook.com/FPCardiologia/

OPINIÓN DE NUESTROS LECTORES

Da tu opinión

Incorrecto intentelo de nuevo
NOTA: Las opiniones sobre las noticias no serán publicadas inmediatamente, quedarán pendientes de validación por parte de un administrador del periódico.

NORMAS DE USO

1. Se debe mantener un lenguaje respetuoso, evitando palabras o contenido abusivo, amenazador u obsceno.

2. www.radiotelefoniadoalentejo.com.pt se reserva el derecho a suprimir o editar comentarios.

3. Las opiniones publicadas en este espacio corresponden a las de los usuarios y no a www.radiotelefoniadoalentejo.com.pt

4. Al enviar un mensaje el autor del mismo acepta las normas de uso.