Telefonia do Alentejo

Com autoria do compositor Amílcar Vasques-Dias, no âmbito do Artes à Rua 2019

Geraldo e Samira - Uma Ópera Para Évora

Autor :Nota de imprensa

28 Agosto 2019

A cidade de Évora vai ser o palco, e a sua história a protagonista, do espectáculo operático "Geraldo e Samira - Uma Ópera Para Évora".
Nos dias 31 de agosto e 1 de setembro - dias que marcam a reta final da edição 2019 do Artes à Rua - o Jardim da Palmeira, em Évora, recebe este épico inédito que não é mais do que um tributo àquela cidade alentejana e à sua importância na independência de Portugal. Um tributo feito de ficção, música e dança que parte dos amores e desamores, alianças e traições de dois dos mais destacados personagens da iconografia eborense: Geraldo Sem Pavor e a moura Samira.
A proposta é regressar ao séc. XII, altura em que Évora é tomada aos mouros por Geraldo sem Pavor sendo que, reza a lenda, uma das razões para o sucesso do seu plano é a paixão que Samira, a moura filha do alcaide, lhe dedica.
Inspirados por toda a mitologia que rodeia estes dois personagens e este período ímpar da História de Portugal, a Musicamera e o conceituado compositor português Amílcar Vasques-Dias juntaram-se para conceber uma grande produção que conta com dezenas de cantores, actores, músicos e figurantes. Os protagonistas da ópera são algumas das mais reconhecidas vozes da música lírica nacional e internacional: Marco Alves dos Santos como Geraldo, Natasa Sibalic como Samira e ainda Miguel Maduro Dias, Luís Rendas Pereira, Juliana Mauger e Manuel Gamito. Serão acompanhados por uma orquestra de 20 elementos, pelo coro Eborae Mvsica e um grupo de instrumentistas, bailarinos e cantores árabes, todos sob a direcção musical do maestro Brian MacKay.
Mas não só de profissionais se faz este espectáculo: também a comunidade eborense foi convidada a participar. Depois de um casting, os actores, músicos, dançarinos e membros da equipa técnica escolhidos trabalharam durante dois meses no projecto, em ambiente de residência artística.
Com música de Amílcar Vasques-Dias, "Geraldo & Samira - Uma Ópera para Évora" tem libreto original de Helena da Nóbrega, encenação de F. Pedro Oliveira, coreografia de Nélia Pinheiro e Isabel Telinhos é a responsável pelo guarda-roupa.
Acontece dias 31 de agosto e 1 de setembro, pelas 22h, no Jardim da Palmeira (espaço verde contíguo ao Hotel M'Ar de Ar Muralhas) e tem entrada livre.
Esta é uma produção da Musicamera que conta com o financiamento da Direção-Geral das Artes e Câmara Municipal de Évora - Artes à Rua, inscrevendo-se no seguimento da candidatura da cidade a Capital Europeia da Cultura 2027.

OPINIÓN DE NUESTROS LECTORES

Da tu opinión

Incorrecto intentelo de nuevo
NOTA: Las opiniones sobre las noticias no serán publicadas inmediatamente, quedarán pendientes de validación por parte de un administrador del periódico.

NORMAS DE USO

1. Se debe mantener un lenguaje respetuoso, evitando palabras o contenido abusivo, amenazador u obsceno.

2. www.radiotelefoniadoalentejo.com.pt se reserva el derecho a suprimir o editar comentarios.

3. Las opiniones publicadas en este espacio corresponden a las de los usuarios y no a www.radiotelefoniadoalentejo.com.pt

4. Al enviar un mensaje el autor del mismo acepta las normas de uso.