radio
Telefonia do Alentejo

Olaria de Viana exibida na Praça da República

26 de Agosto

Fonte: Nota de Imprensa

22 Agosto 2017

A Praça da República, em Viana do Alentejo, é palco dia 26 de agosto, pelas 21h30, da iniciativa “Memórias em fita: o barro de Viana (décadas de 60 e 70) ”, promovida pelo Município de Viana do Alentejo.
A ação visa dar a conhecer o contexto da produção oleira nas décadas de 60 e 70 do século XX através da visualização de dois audiovisuais (Artistas e Artesãos – Cerâmica de Viana do Alentejo e Presença do Passado – Olaria de Viana do Alentejo), salientando os métodos de produção tradicionais e o contexto da Escola de Olaria Médico de Sousa, associada a nomes como Júlio Resende, Aníbal Alcino e Francisco Lagarto.
O 1º registo foi rodado em 1963 e restaurado pela Cinemateca Portuguesa com o patrocínio da Câmara Municipal de Viana do Alentejo. O vídeo apresenta a Escola Médico de Sousa nas suas vertentes pedagógica e lúdica, centrando-se nas componentes de modelagem do barro e pintura em cerâmica.
Já o 2º registo foi rodado em 1973 no âmbito do programa “Presença do Passado” e centra-se na antiga olaria do Mestre Laranjo, situada no antigo Convento do Bom Jesus e nos processos de modelagem e cozedura utilizados por esta antiga olaria tradicional.
O evento conta com a participação de António Menezes que está a realizar um documentário sobre a olaria de Viana do Alentejo.
Recorde-se que em Viana do Alentejo decorre desde abril o curso de oleiro, promovido pelo Município de Viana do Alentejo e pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional de Évora (IEFP), onde os 16 formandos têm oportunidade de aprender as várias etapas do barro – roda, secagem, tratamento da loiça, decoração e vidrado.

OPINIÓN DE NUESTROS LECTORES

Da tu opinión

Incorrecto intentelo de nuevo
NOTA: Las opiniones sobre las noticias no serán publicadas inmediatamente, quedarán pendientes de validación por parte de un administrador del periódico.

NORMAS DE USO

1. Se debe mantener un lenguaje respetuoso, evitando palabras o contenido abusivo, amenazador u obsceno.

2. www.radiotelefoniadoalentejo.com.pt se reserva el derecho a suprimir o editar comentarios.

3. Las opiniones publicadas en este espacio corresponden a las de los usuarios y no a www.radiotelefoniadoalentejo.com.pt

4. Al enviar un mensaje el autor del mismo acepta las normas de uso.