radio
Telefonia do Alentejo

Violência doméstica aumenta sobre pessoas idosas

Fonte: Redação

22 Agosto 2017

Entre a Procuradoria da República da Comarca de Portalegre (MP) e o Instituto Politécnico de Portalegre (IPP) está a funcionar uma Unidade de Reflexão e Apoio á Vítima (URAV) com o apoio da Delegação da CVP visando;”Apoio às vítimas de crimes de violência doméstica, maus trato;avaliação de risco de reincidência e revitimização;Apoio às autoridades em processos de crianças e jovens .A propósito é oportuno referir que a Associação Portuguesa de Apoio á Vítima (APAV) revelou recentemente um “aumento de 30% de crimes contra idosos entre 2013 e 2016, sendo as mulheres as principais vítimas. De acordo com a APAV .os agressores são na maioria os filhos (39,6%), o cônjuge (26,5%), os vizinhos (4,4%) e os netos (36%),A Associação de Apoio à Vítima lança um alerta e sensibilização para a opinião publica visando a “prevenção da violência contra as Pessoas Idosas sustentada nestes dados “. Das 1.009 vítimas registadas em 2016, contra 774 em 2013, 679 tinham idades entre os 65 e os 79 anos (67,4%) e 330 tinham entre 80 e mais de 90 anos (32,6%).

OPINIÓN DE NUESTROS LECTORES

Da tu opinión

Incorrecto intentelo de nuevo
NOTA: Las opiniones sobre las noticias no serán publicadas inmediatamente, quedarán pendientes de validación por parte de un administrador del periódico.

NORMAS DE USO

1. Se debe mantener un lenguaje respetuoso, evitando palabras o contenido abusivo, amenazador u obsceno.

2. www.radiotelefoniadoalentejo.com.pt se reserva el derecho a suprimir o editar comentarios.

3. Las opiniones publicadas en este espacio corresponden a las de los usuarios y no a www.radiotelefoniadoalentejo.com.pt

4. Al enviar un mensaje el autor del mismo acepta las normas de uso.