radio
Telefonia do Alentejo

Iniciativa promovida pela Eborae Musica

XVI Ciclo de Concertos “A Quaresma na Escola de Música da Sé de Évora” no Convento dos Remédios

Autor :Nota de imprensa

Fonte: Eborae Musica

26 Fevereiro 2018

A Associação Eborae Musica promove, no Convento dos Remédios, os concertos pelo Grupo Vocal Olisipo, direção de Armando Possante, no dia 3 de março, e pelo Coro Polifónico “Eborae Mvsica”, com acompanhamento de Ana Filipa Luz e sob a direção do maestro Eduardo Martins no dia 10 de março. Ambas as iniciativas decorrem às 18 horas.

Programa:

Dia 3 - Missa Pro Defunctis de Manuel Cardoso (1566 – 1650) - Introitus - Requiem aeternam,

Kyrie, Graduale - Requiem aeternam, Tractus - Absolve Domine (Cantochão) de Filipe de Magalhães (c1571-1652), Sequentia pro defunctis – Dies irae de Duarte Lobo (1565-1646),

Offertorium - Domine Jesu Christe, Sanctus, Agnus Dei, Communio - Lux aeterna, Responsorium pro defunctis - Libera me, Domine

O Grupo Vocal Olisipo foi fundado em 1988, tendo sido desde então dirigido por Armando Possante. O seu repertório é vasto e eclético, abrangendo obras do período medieval aos dias de hoje. Tem colaborado frequentemente com compositores, tendo apresentado em primeira audição obras de Bob Chilcott (Irish Blessing), Ivan Moody (The Meeting in the Garden, The Prophecy of Symeon), Christopher Bochmann (Maria Matos Medley, Morning e a ópera Corpo e Alma), Eurico Carrapatoso (Magnificat em Talha Dourada, Horto Sereníssimo, Stabat Mater), Vasco Mendonça (Era um Redondo Vocábulo), Luís Tinoco (Os Viajantes da Noite) e Manuel Pedro Ferreira (Delirium),entre outros. Estreou em Outubro de 2016, no Festival Guitar’Essonne, em França, obras de Anne Victorino d’Almeida, António Pinho Vargas, Carlos Marecos, Daniel Davis, Edward Luiz Ayres d’Abreu, Fernando Lapa, José Carlos Sousa, Nuno Côrte-Real, Sérgio Azevedo e Tiago Derriça. Trabalhou com dois dos mais prestigiados ensembles mundiais da actualidade – “Hilliard Ensemble” e “The King’s Singers” e também interpretação de ópera barroca com Jill Feldman. Conquistou já diversos prémios em concursos, nomeadamente uma menção honrosa no Concurso da Juventude Musical Portuguesa e o Primeiro Prémio nos concursos International May Choir Competition em Varna, Bulgária, Tampere Choir Festival na Finlândia, 36º Concorso Internazionale C.A.Seghizzi em Gorizia, Itália e 5º Concorso Internazionale di Riva del Garda em Itália, e vários prémios de interpretação.

Armando Possante iniciou a sua formação musical no Instituto Gregoriano de Lisboa, tendo posteriormente concluído o Bacharelato em Direcção Coral e as Licenciaturas em Canto Gregoriano e Canto na Escola Superior de Música de Lisboa. Foi-lhe atribuída uma bolsa pelo Instituto Politécnico de Lisboa na condição de melhor aluno desta instituição.Iniciou os seus estudos de canto com a professora Mariana Bonito d’Oliveira e integrou mais tarde a classe do professor Luís Madureira na Escola Superior de Música. Desloca-se com regularidade a Viena, onde trabalha com a Professora Hilde Zadek. Frequentou masterclasses de Canto com os professores Max von Egmond, Christianne Eda-Pierre, Linda Hirst, Richard Wistreich, Christoph Prégardien, Siegfried Jerusalem, Jill Feldman e Peter Harrison. É professor no Instituto Gregoriano de Lisboa e na Escola Superior de Música de Lisboa. Orientou workshops de Canto e música coral no Canadá, Inglaterra , Singapura e em Portugal, destacando-se as Jornadas Internacionais de Música da Sé de Évora, onde trabalhou ao lado de Owen Rees e Peter Phillips.É diretor musical e solista do Grupo Vocal Olisipo, do Coro Gregoriano de Lisboa tendo-se apresentado em concertos na Alemanha, Bélgica, Bulgária, Canadá, Espanha, Finlândia, Holanda, Inglaterra, Itália, Japão, Luxemburgo, Marrocos, Polónia, Suiça e Singapura e gravado mais de uma dezena de CDs. Conquistou com o Grupo Vocal Olisipo quatro primeiros prémios e vários prémios de interpretação em concursos internacionais na Bulgária, Finlândia e Itália.

Estes concertos são organizados pela Eborae Mvsica - Associação Musical de Évora, estrutura financiada pelo Ministério da Cultura, com o apoio da Câmara Municipal de Évora, Diário do Sul, Rádio Diana, Antena2, A Defesa, Registo.

OPINIÓN DE NUESTROS LECTORES

Da tu opinión

Incorrecto intentelo de nuevo
NOTA: Las opiniones sobre las noticias no serán publicadas inmediatamente, quedarán pendientes de validación por parte de un administrador del periódico.

NORMAS DE USO

1. Se debe mantener un lenguaje respetuoso, evitando palabras o contenido abusivo, amenazador u obsceno.

2. www.radiotelefoniadoalentejo.com.pt se reserva el derecho a suprimir o editar comentarios.

3. Las opiniones publicadas en este espacio corresponden a las de los usuarios y no a www.radiotelefoniadoalentejo.com.pt

4. Al enviar un mensaje el autor del mismo acepta las normas de uso.