radio
Telefonia do Alentejo

Manhã da Edição das Piscinas no Alandroal

Uma Vila Raiana rica em gastronomia e história

Desta vez, as manhãs foram passadas nas piscinas municipais do Alandroal. Se não sabia o que fazer ou comer, aprende com a este artigo que esta vila não é uma vila como qualquer outra. Aqui a gastronomia e história da região são o verdadeiro forte.

22 Agosto 2018

Rui Coelho, foi o primeiro entrevistado, e falou sobre a sua pastelaria "landroal" e especialidades. De acordo com o dono da pastelaria, "o pastel de nata de bolota" é tradição do lugar. Mas "demorou tempo a fazer e conseguir atingir esta textura idêntica à do verdadeiro pastel de nata. Depois da luta e persistência, valeu a pena porque hoje é conhecido e reconhecido", afirma alegre. Apesar da pastelaria ter um toque muito próprio, os doces não são os únicos a ter fama. Ao que parece os solos na terra do Alandroal também têm a sua riqueza. Ângelo Carreto, da empresa Paisagindo, trouxe consigo uma vasta gama de produtos biológicos que vão desde as tisanas até às especiarias. Maior parte das pessoas refere-se ao chá, de forma generalista, mas Ângelo explica que para os puritanos nesta área existe uma grande diferença. “Na realidade, chá é o nome de uma planta Camellia sinensis que em infusão e nas suas inúmeras variedades, se popularizou pelo mundo. Quando consumimos uma infusão feita com outra planta qualquer, deveremos sempre referir-nos a esta como infusão de.... e não chá de...”, afirma.

Mas apesar de apetitosa toda a conversa em torno da gastronomia, esta vila Raiana tem muito mais para oferecer. Segundo Maria João Festas, uma das impulsionadoras do projeto Alandroal Guest House, é importante através de alojamentos e estadias conseguir explorar a natureza e a história da região. “Desejamos levar quem visita o Alentejo a ter uma experiência inesquecível. Porque mais do que a estadia, são os momentos e história que ficam na memória. Este solar é um local de experiências únicas que visa contribuir para a divulgação e desenvolvimento das zonas rurais alentejanas”, diz. Ao lado, está Vera Galhardas, representante das Casas de Jeromenha (turismo rural), que
acredita que as seis casas estão decoradas com a simplicidade a que o ambiente rural convida e com um misto de elegância e conforto. “É o sitio tipico para as pessoas que querem fugir da confusão citadina e estar em contacto com a natureza e silêncio”, diz.

Perto da mesa onde se debatia as tradições da região, encontrava-se o presidente da Câmara Municipal do Alandroal João Maria Grilo. Segundo o presidente esta é uma zona rica, “não só pelo Alqueva e gastronomia como também pela história envolvente que existe nesta vila”. Apesar de não ser pescador profissional, considera-se “pescador amador” e gosta do convivio e contacto com as coisas da terra. “O peixe de rio também é muito conhecido aqui na zona”. João Grilo, terminou referindo as próximas festas que irão ter lugar no Alandroal. “De dia 30 a 03 de Setembro vamos ter a festa em Honra de Nossa Senhora da Conceição com vários artistas, fica aqui o convite”.

OPINIÓN DE NUESTROS LECTORES

Da tu opinión

Incorrecto intentelo de nuevo
NOTA: Las opiniones sobre las noticias no serán publicadas inmediatamente, quedarán pendientes de validación por parte de un administrador del periódico.

NORMAS DE USO

1. Se debe mantener un lenguaje respetuoso, evitando palabras o contenido abusivo, amenazador u obsceno.

2. www.radiotelefoniadoalentejo.com.pt se reserva el derecho a suprimir o editar comentarios.

3. Las opiniones publicadas en este espacio corresponden a las de los usuarios y no a www.radiotelefoniadoalentejo.com.pt

4. Al enviar un mensaje el autor del mismo acepta las normas de uso.