radio
Telefonia do Alentejo

Fundação Eugénio de Almeida assume os destinos da Tapada do Chaves

Autor :Nota de imprensa

Fonte: Fundação Eugénio de Almeida

01 Agosto 2017 | Publicado : 17:47 (01/08/2017) | Actualizado: 17:49 (01/08/2017)

A Tapada do Chaves, uma propriedade e marca de vinhos de qualidade da região de Portalegre acaba de mudar de mãos.
A venda da empresa Tapada do Chaves – Sociedade Agricola e Comercial, S.A. acaba de ser concretizada depois de algum tempo de negociações.
A administração da empresa de Portalegre, que mantem a mesma designação, passa a ser conduzida por José Mateus Ginó, Pedro Baptista e Rita Rosado, que acumulam com o Conselho Executivo da Fundação Eugénio de Almeida, em Évora.
A Tapada do Chaves, localizada em Frangoneiro, nos arredores de Portalegre, em terras do Alto Alentejo, dá origem a vinhos de qualidade reconhecida há quase 100 anos. Com 60 hectares de terra e 32 de património vitícola, 23 dos quais de castas de uva tinta e nove hectares de castas de uva branca, a Tapada do Chaves localiza-se numa zona fortemente influenciada pela orografia (Serra de São Mamede) e pela cobertura agro-florestal que lhe confere um microclima específico e decisivo para a qualidade e tipicidade dos vinhos aí produzidos.
Quinta de prestígio
Associados a uma forte tradição familiar e a uma história de paixão e dedicação à terra, os vinhos Tapada do Chaves têm origem nas vinhas da propriedade que lhes dá o nome, com idades entre os 15 e os 116 anos, de onde provêm uvas tintas de castas como Trincadeira, Aragonez, Castelão e Tinta Francesa e brancas das castas Fernão Pires, Arinto, Alva e Tamarez.
Na Tapada do Chaves estão duas das mais velhas parcelas de vinha do Alentejo, em produção, com registo nos passados anos de 1901 e 1902, tendo sido alvo de uma profunda reestruturação no início da década de 60 do séc. XX. A exploração comercial da marca ‘Tapada do Chaves’ iniciou-se em 1965. O principal mercado de destino dos vinhos produzidos nesta casa começou por ser a restauração lisboeta de referência, o que contribuiu para um rápido e significativo reconhecimento do ‘Tapada do Chaves’.
No inicio dos anos 90 do passado século, quando do reconhecimento de Portalegre como região de “Indicação de Proveniência Regulamentada” apta à produção de VQPRD (Vinhos de Qualidade Produzidos em Região Determinada) a par de Borba, Redondo, Reguengos e Vidigueira, conquistou um lugar privilegiado entre as marcas de vinho do Alentejo.
Foi graças à excelência dos vinhos “Tapada do Chaves” e ao seu reconhecimento que se ficou a dever a afirmação do Alentejo enquanto região produtora de vinhos de qualidade que hoje mais que justificam a Denominação de Origem Controlada.

Vinhos de boutique
“Os vinhos Tapada do Chaves sempre foram dos mais prestigiados em Portugal. Reconhecidos pela genuinidade e qualidade, conquistaram uma aura mítica, estando entre os eleitos por uma elite de consumidores e enófilos de Portugal ao Brasil” refere José Mateus Ginó. É essa autenticidade que a nova administração pretende agora reafirmar nos vinhos “Tapada do Chaves”.
O objetivo da nova administração é reforçar a presença dos vinhos tintos e branco no segmento topo de gama, criando vinhos de qualidade ímpar, assente num projeto que se pode traduzir como o artesanato do vinho.
Os vinhos “Tapada do Chaves” são uma marca com um forte potencial de reconhecimento no mercado que, já por si, representa um ativo de considerável valor. A propriedade tem características e localização ímpar que lhe conferem a possibilidade impar de produzir vinhos únicos fruto de um terroir irrepetível.

OPINIÓN DE NUESTROS LECTORES

Da tu opinión

Incorrecto intentelo de nuevo
NOTA: Las opiniones sobre las noticias no serán publicadas inmediatamente, quedarán pendientes de validación por parte de un administrador del periódico.

NORMAS DE USO

1. Se debe mantener un lenguaje respetuoso, evitando palabras o contenido abusivo, amenazador u obsceno.

2. www.radiotelefoniadoalentejo.com.pt se reserva el derecho a suprimir o editar comentarios.

3. Las opiniones publicadas en este espacio corresponden a las de los usuarios y no a www.radiotelefoniadoalentejo.com.pt

4. Al enviar un mensaje el autor del mismo acepta las normas de uso.