Évora acolhe a edição da Noite Europeia dos Investigadores 2020 (NEI), sob o lema “Ciência e Natureza” no dia 27 de Novembro, estando a abertura nacional prevista para as 14h45, em modo virtual. Incluirá uma apresentação de Cante Alentejano, em homenagem a este Património que nesse dia celebra seis anos de reconhecimento enquanto Património Cultural Imaterial da Humanidade, pela UNESCO.
O programa de Évora pode ser consultado em https://noitedosinvestigadores.org/evento-evora e o programa nacional, assim como toda a informação sobre a iniciativa de 2020, em https://noitedosinvestigadores.org, página que permite o acesso às atividades.
Em Évora, as actividades decorrem entre as 15 e as 22 horas. A abertura em direto está agendada para as 14:45 horas, desde o Mercado Municipal, feita pelos parceiros locais: a Câmara Municipal (através do projecto Évora Cidade Educadora), a Direção Regional de Cultura do Alentejo e a coordenação da Universidade. A abertura é via streaming. Antecedendo a sua abertura e, através do projeto “Patrimonialização das Paisagens Sonoras de Évora”, a cidade ouvirá os sinos das suas igrejas tocar através de um grupo de voluntários.
A Universidade de Évora, em conjunto com seus investigadores, organizou cerca de 30 atividades no âmbito das ciências, arqueologia, desporto, história da ciência, turismo, geofísica, meteorologia, neurociência e património. As atividades são interativas e serão transmitidas através das plataformas de Facebook e YouTube da UÉ, da Noite Europeia dos Investigadores e da Câmara de Évora. Entre estas salientam-se gravações a partir do Núcleo Museológico do Alto de São Bento (NMASB), do Centro de Geofísica de Évora, e de outros como o Departamento do Desporto e do CIDEHUS.
O NMASB aliou-se à NEI através de duas actividades realizadas no seu espaço: um vídeo que faz a leitura da paisagem, aliando história, geografia e património (com o historiador e colaborador do NMASB, Francisco Bilou) e outro sobre os cogumelos do Alto de S. Bento (com a bióloga do Departamento de Biologia da Escola de Ciências e Tecnologia da Universidade de Évora/ MED – Laboratório de MacroMicologia) Celeste Santos e Silva).
Recorde-se que a NEI é organizada pela Universidade de Lisboa, através do Museu Nacional de História Natural e da Ciência (MUHNAC), que coordena o consórcio nacional que inclui diversas instituições, entre elas a Universidade de Évora, sendo a Câmara Municipal de Évora parceira local. É garantida uma intensa programação online nacional, com eventos nas cidades de Lisboa, Braga e Évora e Coimbra. Tendo em conta os constrangimentos de saúde pública atuais, a Noite Europeia dos Investigadores em 2020 será diferente, com um programa virtual que inclui mais de 220 atividades, programas locais e o envolvimento de cerca de 1750 investigadores. Além da ciência, a cultura também estará presente, com apresentações musicais, filmes e uma peça de teatro.

Fonte: Nota de Imprensa

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, introduza o seu comentário!
Please enter your name here