O Ciclo de Concertos “Musicando – Animação de Sítios Históricos Classificados” volta a realizar-se este ano, abrangendo os Concelhos de Évora, Arraiolos e Mora.

Trata-se de um programa de Animação de Sítios Históricos Classificados valorizando simultaneamente o património material e imaterial. Pretende-se manter um circuito que leve com regularidade atividades musicais e culturais a estes locais aumentando os fluxos turísticos e a sua fruição cultural em articulação com uma oferta de animação artística. A criação de novos públicos para a música a partir de ações de descentralização que conjuguem a sensibilidade das Câmaras Municipais com repertórios adequados aos espaços e gostos musicais. Integram estes programas intérpretes nacionais e da região oferecendo a música coral, a música de câmara, o acordeão, o dixie e os instrumentos de sopro, num leque que percorre os vários períodos e as várias estéticas musicais. O ciclo decorre durante o mês de Julho com concertos sempre às 21h00.

Programa:

Em Arraiolos dia 9, Coro Polifónico “Eborae Mvsica” sob a direção de Eduardo Martins, em frente à Igreja da Misericórdia; no dia 16 Duo de Acordeão e Fagote com Bailarinos (Gonçalo Pescada – acordeão, Eduardo Sirtori -fagote, Rita Ramires e Fábio Henriques – bailarinos), na Praça do Municipio; no dia 17 Trio de Sopros ( Mariana Moreira -flauta, Sofia Florença – oboé e Mário Vinagre – clarinete) em frente à Igreja da Misericórdia.

Em Évora – Graça do Divor  dia 10 – Trio de Sopros ( Mariana Moreira – flauta, Sofia Florença – oboé e Mário Vinagre – clarinete) , no Largo 25 de Abril; no dia 25 – Seven Dixie (Nuno Lopes – trombone, Patricia Camelo – clarinete, João Carlos Araújo – trompete, Sérgio Galante – banjo, Mário Lopes – bateria, André Domingos – piano, João Rasteiro – tuba) no Largo 25 de Abril.

Em Mora – dia 11 – Seven Dixie (Nuno Lopes – tombone, Patricia Camelo – clarinete, João Carlos Araújo – trompete, Sérgio Galante – banjo, Mário Lopes – bateria, André Domingos – piano, João Rasteiro – tuba); no dia 16 Coro Polifónico “Eborae Mvsica”, direção de Eduardo Martins; no dia 23 – Duo de Acordeão e Fagote com Bailarinos (Gonçalo Pescada – acordeão, Eduardo Sirtori-fagote, Rita Ramires e Fábio Henriques – bailarinos); estes concertos terão lugar no Museu Interativo do Megalitismo, no Largo da Estação.

A Associação Eborae Mvsica é uma Estrutura financiada pelo Ministério da Cultura, Direcção Geral das Artes e Direcção Regional da Cultura do Alentejo. O Ciclo é promovido em articulação com as Câmaras de Arraiolos, Mora e Junta de Freguesia da Graça do Divor (Évora) e tem o Apoio da Câmara Municipal de Évora,  Antena 2, Rádio Diana e Diário do Sul.

Fonte: Nota de Imprensa / Eborae Música

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, introduza o seu comentário!
Please enter your name here