O Instituto de Investigação e Formação Avançada, da Universidade de Évora, assinala o Dia Nacional da Cultura Científica um programa de atividades com destaque para a 1ª Mostra de Documentário Científico da Universidade de Évora, no próximo dia 24 de novembro.

A palestra “Os pequenos corpos do Sistema Solar” por Nuno Peixinho, Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço da Universidade de Coimbra, numa sessão agendada para as15h30 na sala 205 do Palácio do Vimioso, e lançamento do livro “Évora com Ciência – percursos” com a apresentação a cargo de Manuel Branco, numa sessão a decorrer na Biblioteca Pública de Évora, pelas 16h30m dão início às celebrações, seguidamente decorrerá a 1.ª Mostra de Documentários Científicos da UÉ, no auditório Soror Mariana, pelas 18h onde serão exibidos os seguintes documentários: Expedição científica às Ilhas Selvagens – projecto MICROCENO; O Ferro e o Alentejo; PISTA: Partilha de Informação sobre Sustentabilidade do Turismo no Alentejo; Projeto Almada Negreiros; COASTNET: Costal Monitoring Network; Improvements in reports of species redistribution under climate change required (2021); Climate shapes mammal community trophic structures and humans simplify them (2019); Anos80, Évora património; LIFE LINES – arquitetura para a vida selvagem, recentemente galardoado com o primeiro Prémio na categoria Ambiente & Ecologia na décima quinta edição 2022, do Festival Internacional de Cinema e Turismo – Art&TuR.

O Dia Nacional da Cultura Científica foi criado em 1996 em Portugal. Foi escolhido o dia 24 de novembro para a sua celebração pois foi neste dia (em 1906) que nasceu Rómulo de Carvalho, o professor de Física e Química responsável pela promoção do ensino de ciência e da cultura científica em solo nacional. Rómulo de Carvalho foi também poeta, sob o pseudónimo de António Gedeão.

Fonte: Nota de Imprensa / Universidade de Évora

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, introduza o seu comentário!
Please enter your name here