A Associação e o Conservatório Regional de Évora “Eborae Mvsica” promovem nos dias 25, 26 e 27 de novembro de 2022 o V Festival Internacional de Percussão de Évora, direção artística de Vasco Ramalho, no Convento dos Remédios, Avenida de S. Sebastião, Évora.

Durante o Festival terão lugar os seguintes Concertos abertos à população em geral: no dia 25 às 21h30 terá lugar o Concerto de Abertura com Nuno Aroso & Clamat, no dia 26 às 21h30 Concerto com Simantra GP e no dia 27 às 18h00 o Concerto de Encerramento com todos os participantes e entrega de certificados de participação. Os concertos terão lugar no Convento dos Remédios, na Avenida de S. Sebastião em Évora.

Programas: dia 25 às 21h30 – Clamat – toca composições de João Pedro Oliveira (1959) – Kontrol (2020); Broken Loops (2013) ; Bridges and Gardens (2016) ;In the House of the Gass King (2021);  

O Clamat – coletivo variável dedica-se à nova música para percussão. Entende “o concerto” como um ato poético, pleno e único. Para além do fomento da criação musical dedicada ao grupo, é parte da linha identitária deste projecto a colaboração artística transdisciplinar. Clamat – coletivo variável, é dirigido por Nuno Aroso e agrega alguns dos mais talentosos jovens percussionistas portugueses; Neste concerto a formação é constituída por Nuno Aroso-Direção, Bernardo Cruz, Henrique Ramos, João Pedro Lourenço, Vitória do Bem;

Nuno Aroso -Professor, Investigador e solista de percussão com intensa atividade concertística, Nuno Aroso (Porto, 1978) desenvolve a sua carreira focado no desenvolvimento da literatura para a sua área instrumental. Tocou em estreia absoluta mais de 120 obras.

Dia 26 às 21h30 – Omphalo Centric Lecture-Nigel Westlake; Bimal – Andrés Pérez; Three Scenes From The Desert-Alex Stopa; Nalu – Francisco Perez; Djum-Djum – Luiz Ferreira;  Son Bulerias- Miguel Cruz; Onze – Marco Antônio Guimarães

Simantra GP – constituído por Andrés Perez, Leandro Teixeira, Luis Ferreira e Ricardo Monteiro, nasceu da necessidade de se organizar um grupo de estudos e práticas interpretativas destinado ao repertório de música escrita para percussão nos séculos XX e XXI. Funcionando como um laboratório artístico, tem também como objetivo a interação das diferentes expressões artísticas com a música contemporânea. A sua missão visa a valorização e execução do repertório percussivo português e estrangeiro, realizando estreias, primeiras audições e encomendas de obras.

Dia 27 às 18h00 – O programa será o resultado do trabalho realizado durante os Workshops do  Festival e os intérpretes serão os participantes no Festival. A entrada é livre mas convém reservar lugares com antecedência através de eboraemusica@gmail.com

Aconselha-se a marcação prévia de bilhetes para os Concertos, através do email eboraemusica@gmail.com.

Informações através de telefone 266746750 e telemóvel 965740270

Este Festival é organizada pela Associação Eborae Mvsica, financiada pelo Ministério da Cultura através da DGArtes e pelo Ministério da Educação e apoiado pela Câmara Municipal de Évora, Diário do Sul, Rádio Diana, Antena 2, A Defesa e Registo.

Fonte: Nota de Imprensa / Eborae Música

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, introduza o seu comentário!
Please enter your name here